pdf

Em O lamento de Bertolt Brecht, João Guilherme Paiva analisa as concepções poéticas de Bertolt Brecht e seu embate com a poesia lírica, que é também um embate com um mundo e um tempo históricos.
A efetividade da poesia na transformação dos espaços que habitamos, a posição política do poeta, as noções de empatia e distância como empecilhos ou facilitadores dessa transformação, são algumas das questões levantadas pelo autor em seu diálogo com Bertolt Brecht, Walter Benjamin e Georges Didi-Huberman. Com uma especial atenção para os efeitos políticos dos usos do tom satírico e do tom elegíaco na produção de Brecht, João Guilherme recorre aos poemas, diários e peças teatrais do autor, contextualizando o seu ensaio a partir da multiplicidade de registros e práticas ético-literárias.

ISBN 978-65-00-27915-3
2021 1a Edição